Aula de História

300-posters--300-649273_500_800

Oi genteee… hoje vou falar um pouco sobre o lado histórico de um filme bem conhecido.

300

300, é um filme estrelado por Gerard Butler ( Leônidas, rei de Esparta), Lena Headey ( Rainha de Esparta) e Rodrigo Santoro ( Xerxes, líder persa), inspirado nos quadrinhos de Frank Miller sobre a história da Batalha de Termópilas, ocorrida na Grécia. E é exatamente desse período que irei falar agora.

Os gregos estavam em seu ápice, já tinha se acostumado com a terra e modo de vida, seu território tinha uma extensão muito grande com suas cidades-estados, ou chamadas de pólis também, sendo as principais Atenas e Esparta, uma o berço da democracia e a outra o berço da república. Nossa história ocorre em somente uma delas: Esparta.

Esparta tinha foco em treinar os melhores guerreiros, e para isso não mediam recursos, seus filhos eram tirados dos braços de suas mãe com sete anos para que ele possa travar batalhas e ser ensinado junto com os demais. Logo no inicio do filme é mostrado essa cena, Leônidas ainda pequeno é tirado dos braços de sua mãe, além disso mais para frente a esposa do rei espartano é lembrada a todo momento que seu filho será tirado dela para lutar.

Fato interessante é como eles mostram a paixão que os espartanos têm por batalhar por seus direitos, seja com a frase: ” Espartanos não recuam” ou quando Leônidas pergunta ao seu exército sua profissão.

Voltando á batalha, os persas após uma tentativa falha de invadir a Grécia por Atenas decidem seguir pelo outro lado do território, onde se encontra a cidade – estado principal do filme, que por causa de todo o pensamento de liberdade e justiça decide lutar contra o imenso exército de Xerxes. E por causa da grande diferença numérica persa, os espartanos elaboram uma estratégia de batalha excelente.

download (12)

Os 300 guerreiros esperando pelo exército persa em um estreito, onde de um lado são as montanhas e de outro o mar. Agora, alerta spoiler! Se você não assistiu o filme e não quer saber o final NÃO leia essa parte. Por anular a grande diferença numérica os persas acabam perdendo, pelo menos até o nosso personagem rejeitado por sua aparência se virar contra os espartanos e dizer a brecha no plano, um caminho no meio bosque que permite que resgatar a vantagem dos persas.

8e127516d1c7fd1cc0abbbdff917b8da

Para aqueles que não sabem uma curiosidade: os espartanos acreditam no soldado perfeito e na estratégia de batalha perfeita, o que faz com que eles se livrem daqueles que nascerem com deficiência física e mental, caso do personagem traidor no filme, que por ser corcunda não poderia levantar seu escudo o suficiente.

PHOTOGRAPHS TO BE USED SOLELY FOR ADVERTISING, PROMOTION, PUBLICITY OR REVIEWS OF THIS SPECIFIC MOTION PICTURE AND TO REMAIN THE PROPERTY OF THE STUDIO. NOT FOR SALE OR REDISTRIBUTION.

Por hoje é isso pessoal até a próxima e espero que tenham gostado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *