Review – Encadernado Caça aos Titãs

titans-hunt

Para começar o ano, um review com a melhor equipe de heróis adolescentes do mundo dos quadrinhos. No fim de 2016 a Panini Comics soltou o encadernado Caça aos Titãs, com a mini série em 8 volumes Titans Hunt. Apesar de ter o mesmo nome em inglês, o arco não é uma releitura da aventura que mostrava a organização Gnu atrás dos Titãs. Caça aos Titãs traz a equipe orignal, em volta em um mistério que faz com que Roy Harper, Donna Troy, Dick Grayson e Garth se envolvam sem ter tido nenhum contato aparente antes disso, mas com um sentimento de serem velhos amigos.

No universo dos Novos 52, a Turma Titã nunca existiu e assim, seus fundadores não se conhecem, ou pelo menos é o que parece. Uma ruiva misteriosa, um rapaz estranho e troculento e um casal aparentemente comum, possuem um elo com o que deveria ser a formação original da Turma Titã, junto com Rapina e Columba. Eles tem lembranças estranhas de um mundo que sequer conheceram, mas sabem que a Terra depende deles para impedir que um mal imenso destrua o planeta. Essa é a premissa do arco Caça aos Titãs.

O que dizer da HQ? Intensamente nostálgica para os fãs da equipe de jovens heróis. A releitura dos uniformes, sem perder os traços clássicos, deixando um visual moderno sem perder o encanto da era pré-Novos 52. A formação que antes tinha Robin, Kid Flash, Moça-Maravilha, Ricardito e Aqualad, agora tem Sina, Garoto das Cavernas, Rapina e Columba, e Arauto, com a ausência do Kid Flash, que neste universo foi substituído por uma outra versão.

Alguns pontos que são muito bacanudos, a trama tem uma referência gigante com a origem da Turma Titã pré-52. O mistério leva os heróis até a cidade Hatton Corners, onde um mal indescritível assolou a população e caminhava para conquistar o mundo até a intervenção da Turma Titãs. Trata-se de uma entidade denominada Sr. Ciclone, arauto de um demônio de outra dimensão. O Sr. Ciclone reaparece agora para tentar terminar a transição de seu mestre para a Terra.

Acontece quer na primeira aventura da Turma Titã, eles vão até Hatton Corners para enfrentar Bromwell Stikk, que se auto-chamava de Sr. Ciclone, um vilão que recebeu poderes místicos da entidade Antítese. Ele foi derrotado pelos Titãs e retornou tempos depois como o Gárgula para fazer a transição de seu mestre, Antítese, para o universo dos heróis. Tudo bem amarradinho e referenciado, mas com uma nova roupagem. Até mesmo uma das capas da mini original referencia a história original, onde a Moça-Maravilha carrega Ricardito e Robin, enquanto no original Robin carrega da mesma maneira.

Caça aos Titãs é leitura obrigatória para fãs dos Titãs e faz a preparação do terreno para a nova fase da DC Comics, Rebirth.

Avaliação no brisamômetro:

star star star star star star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *